Conheça Irma Grese, “A bela besta” e um dos guardas mais temidos dos nazis

Como Irma Grese deixou de ser uma adolescente problemática e se tornou um dos guardas mais sádicos que já trabalhou dentro de um campo de concentração nazi.

Do louco Dr. Josef Mengele ao cruel ministro da propaganda Joseph Goebbels, os nomes dos monstros nazis de Adolfo Hitler – estes monstros – tornaram-se sinónimos de maldade.

E de todas as figuras selvagens que emergiram da Alemanha nazi, uma das mais bestiais é a de Irma Grese. Rotulada como a mais notória das criminosas de guerra nazis pela Biblioteca Virtual Judaica, Irma Grese cometeu crimes especialmente brutais, mesmo entre seus compatriotas nazis.

Nascida no outono de 1923, Irma Grese foi uma das cinco crianças. De acordo com as transcrições do julgamento, 13 anos após o nascimento de Grese, sua mãe cometeu suicídio ao descobrir que seu marido a estava traindo com a filha de um dono de bar local.

Ao longo de sua infância, houve mais problemas para Grese, incluindo alguns na escola. Helene, uma das irmãs de Grese, testemunhou que Grese foi muito intimidada e não teve coragem de se defender. Incapaz de tolerar o tormento da escola, Grese desistiu quando era apenas uma jovem adolescente.

Para ganhar dinheiro, Grese trabalhou numa quinta e depois numa loja. Como muitos alemães, ela foi enfeitiçada por Hitler e, aos 19 anos, ao abandono encontrou emprego como guarda no campo de concentração de Ravensbruck para prisioneiras.

Um ano depois, em 1943, Grese foi transferido para Auschwitz, o maior e mais infame dos campos de extermínio nazis. Membro nazi leal, dedicada e obediente, Grese ascendeu rapidamente ao posto de supervisor sénior das SS – o segundo posto mais alto que poderia ser concedido às mulheres das SS.

Com tanta autoridade, Irma Grese poderia desencadear uma torrente de sadismo letal sobre seus prisioneiros. Embora seja difícil verificar os detalhes dos abusos de Grese – estudiosos, como Wendy Lower, apontam que muito do que foi escrito sobre mulheres nazis é obscurecido por sexismo e estereótipos – há poucas dúvidas de que Grese mereça o apelido de “a Hiena de Auschwitz”.

Em suas memórias Five Chimneys, a sobrevivente de Auschwitz, Olga Lengyel, escreve que Grese teve muitos casos com outros nazis, incluindo Mengele. Quando chegava a hora de seleccionar mulheres para a câmara de gás, Lengyel observou que Irma Grese escolhia propositadamente as belas prisioneiras devido ao ciúme e despeito.

Irma Grese fica no pátio da prisão em Celle, Alemanha, onde foi detida por crimes de guerra. Agosto de 1945.

De acordo com a pesquisa da professora Wendy A. Sarti, Grese tinha um gosto doentio por golpear mulheres nos seios e por forçar meninas judias a serem seus vigias enquanto violava reclusos. Como se isso não bastasse, Sarti relata que Grese adoçava seu cachorro com prisioneiros, chicoteava-os constantemente e os chutava com suas botas de cano alto até que houvesse sangue.

Por fim, a Biblioteca Virtual Judaica escreveu que Grese tinha abajures feitos da pele de três prisioneiros mortos.

Mas, à medida que os Aliados afrouxavam o domínio nazi na Europa, Grese passou de destruir a vida das pessoas a tentar salvar a sua.

Irma Grese (vestindo o número nove) no tribunal durante seu julgamento por crimes de guerra.

Na primavera de 1945, os britânicos prenderam Grese e, juntamente com outros 45 nazis, Grese foi acusada de crimes de guerra. Grese se declarou inocente, mas o testemunho de testemunhas e sobreviventes da manienta Grese a condenaram à morte.

Em 13 de Dezembro de 1945, Grese foi enforcada. Com apenas 22 anos, Grese tem a distinção de ser a pessoa mais jovem enforcada pela lei britânica durante o século XX.

Fonte: allthatsinteresting.com

About the Author: Redacção

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. mais informação

As configurações de cookies deste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar as configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, estará concordando com isso.

Close